O que Fazer quando a Criança Ingere Produtos Tóxicos

image

As crianças estão habituadas a ver os adultos mexerem em todo o tipo de materiais, medicamentos e produtos, sem que os mesmos lhes provoquem quaisquer problemas.
Por esse motivo, as crianças têm tendência a experimentar estes produtos, podendo ingerir inconscientemente. As crianças com idades compreendidas entre 1 e 3 anos são as mais vulneráveis e que com mais freqüência protagonizam esta situação. Porém, não devemos esquecer daqueles com idade superior a 4 anos, que são deixados “sozinhos” vendo televisão. Nestes momentos os acidentes podem acontecer, como por exemplo, um copo com detergente e água deixado na pia. A criança pode pegar aquele copo pensando que está limpo e ingerir o detergente.
Os pais devem manter os produtos de limpeza, medicamentos, cosméticos, fora do alcance dos filhos em prateleiras altas e de preferência, fechados à chave.
Caso detecte que o seu filho ingeriu um produto tóxico, não vá logo tomando a atitude de provocar vômito ou dar leite, vinagre ou suco de limão, porque existem situações em que estas medidas são totalmente contra indicada. O Melhor a fazer é ligar para a emergência. Conte a quem lhe atender como aconteceu o acidente da ingestão do produto tóxico, a marca do produto ou a fórmula. O ideal é estar com a embalagem na mão, no caso de qualquer dúvida. Através do telefone, na mesma hora ou minutos depois, um profissional de saúde informa que atitude se deve tomar. Mantenha a calma e aja exatamente conforme as recomendações que recebeu.
Em caso de acidente:
1- ligue para o número de emergência que consta na embalagem do produto.
2- Se ingerir produtos de limpeza ( detergentes, sabôes em pó, água sanitária, etc…) ofereça-lhe gelatina de qualquer sabor diluída em água – NÃO PROVOQUE O VÔMITO !!!!
3- Se os olhos forem atingidos por qualquer produto, lave-os abundantemente em água corrente por 15 minutos.
4- Se a pele for atingida por qualquer produto, lave a área exposta em água fria corrente por 15 minutos.

EM QUALQUER SITUAÇÃO, PROCURE UM SERVIÇO MÉDICO DE EMERGÊNCIA.

Marina Souza

Rotina nas Férias

image

Em época de aula, você faz o maior esforço para manter uma rotina que facilite o dia a dia da sua família. Dormir no horário certo, acordar cedinho, ter um tempo para fazer as lições de casa, horário pra tomar banho, para brincar. E a rotina é, sim, necessária. Agora, que as crianças estão longe da escola, estão de férias está muito dificil seguir uma rotina, meus meninos não querem saber de dormir cedo e estão acordando super tarde, acordam na hora do almoço e querem café da manhã, como lidar com isso?

Férias também da rotina? E depois como vai ser se adptar com ela de novo?

Afinal férias é sim descansar, relaxar, vale sim deixar as crianças um pouco mais a vontade, só não pode deixar horas na frente da televisão, videogame e computar, criança precisa brincar, correr, pular, se divertir.

E quando devemos começar a voltar a rotina?

“Para que a mudança da rotina nas férias não afetem o dia a dia na volta às aulas, na última semana do mês, vá retomando o ritmo na sua casa. Coloque o seu filho para dormir no horário de costume, acorde-o mais cedo e regule os horários das refeições novamente. Espere uma reclamação aqui e outra ali das crianças, é normal. O importante é você ser firme nesse momento. “A rotina é fundamental para a criança, traz segurança e organiza a vida de toda a família”.”

Fonte: Revista Crescer

Marina Souza